sábado, 29 de agosto de 2015

12° CONGRESSO ESTADUAL DA CUT


Ontem (28), Chicão de Jesus - Chefe de Gabinete, representou o mandato do deputado Airton Faleiro no 12° Congresso Estadual da CUT (Central Única dos Trabalhadores), que acontece no Centro Mariapolis Glória, em Benevides – Pa. O Congre começou nesta sexta-feira (28) e segue até amanhã (30).

A Central Única dos Trabalhadores (CUT),  completou ontem (28), 32 anos. Fundada em meio à efervescência da luta por democracia, a entidade foi protagonista na queda da ditadura militar, com milhares de trabalhadores organizados indo às ruas contra o governo.

1° Congresso Nacional da Classe Trabalhadora

Foi durante o 1º Congresso Nacional da Classe Trabalhadora (Conclat), em São Bernardo do Campo, em São Paulo, que a CUT foi criada. Intensas discussões marcaram a formação da primeira Executiva, que culminou com a nomeação do metalúrgico Jair Meneguelli como primeiro presidente da Central.

A CUT se consagrou como a grande representante da classe
trabalhadora brasileira, tornando-se a maior central do Brasil e da América Latina e a quinta do mundo. Com quase 4 mil entidades filiadas, a CUT representa mais de 24 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em todo o País.

O 12° Congresso Estadual da Central Única dos Trabalhadores – Pará tem como meta construir uma nova forma de se fazer sindicalismo na Amazônia e construir coletivamente e sem nenhuma exclusão a plataforma de lutas da classe trabalhadora paraense.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

CONSELHO DE PREFEITOS APROVA ENTRADA DE BELTERRA NO CONSÓRCIO DO TAPAJÓS


O  município de Belterra passa a ser o sétimo integrante do Consórcio do Tapajós. A decisão foi tomada ontem, em Itaituba, pelo conselho de prefeitos dos municípios que formam o Consórcio Tapajós - Aveiro, Jacareacanga, Itaituba, Novo Progresso, Trairão e Rurópolis.



O deputado Airton Faleiro é um dos grandes responsáveis por esta conquista. O deputado articulou com a Câmara de vereadores, prefeita Dilma Serrão, de Belterra e com então presidente do Consórcio, Raulien Queiroz e com o seu vice, Danilo Vidal, para que essa realidade fosse possível. Segundo ele, "a entrada de Belterra neste consórcio tem um elevado grau de importância, tendo em vista, o complexo de obras do Governo Federal nesta região - como portos, hidrelétricas e rodovias federais". Airton destaca ainda, o fato das prefeituras estarem no centro do debate do desenvolvimento sócio-econômico da região, além das compensações trazidas com estes grandes empreendimentos.

O deputado Airton parabeniza Raulien Queiroz, prefeito de Jacareacanga por sua participação decisiva nesta conquista, que até a reunião de ontem era o presidente do Consórcio. E dá as boas vindas a Eliane Nunes de Oliveira (prefeita de Itaituba) e Danilo Vidal de Miranda (prefeito de Trairão) pela presidência e vice-presidência, respectivamente, do Consórcio de Tapajós assumida nesta quinta-feira (27), em Itaituba. "O nosso mandato se coloca à disposição do Consórcio que tem fundamental importância no debate político e econômico da Região do Tapajós", acrescenta Airton.

"Só tenho a agradecer pela deliberação do Consórcio Tapajós e junto com a Prefeitura e Câmara de Belterra, comemorar essa vitória. Num curto prazo de tempo, a população de Belterra vai se beneficiar desta conquista", declarou o deputado Airton Faleiro.

Constituído em 31 de agosto de 2013, o Consórcio da área de Influência das Hidrelétricas do Tapajós, BR-230 e BR-163, denominado de Consórcio do Complexo do Tapajós, foi formado, inicialmente, pelos municípios de Jacareacanga, Itaituba, Aveiro, Novo Progresso, Trairão e Rurópolis. 
O Consórcio  nasceu com a finalidade de planejar, coordenar e executar ações para o desenvolvimento local e regional em sua área de atuação e vem se solidificando a cada dia.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

PERITOS EM GREVE PEDEM APOIO AOS PARLAMENTARES



Uma comissão de 15 peritos se reuniu com parlamentares na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), nesta manhã. Liderada pelo presidente da Associação dos Peritos Oficiais do Pará (Ascop), Aldecy Moraes, a comissão foi recebida pelo presidente da Alepa, Márcio Miranda, e pelos deputados estaduais Airton Faleiro, Iran Lima, Chicão, Ozório Juvenil e Lélio Costa na busca pelo apoio dos parlamentares nas negociações junto ao Governo do Estado no atendimento às reivindicações da classe pericial e pelo fim da greve que já dura 10 dias.

Os servidores reivindicam uma política escalonada de reposição de perdas salariais, similar ao já alcançada pelos Delegados da Polícia Civil do Estado e Oficiais da PM e Bombeiros, além de melhorias de condições de trabalho. Atualmente os peritos do Pará contam com o pior salário da região norte, R$ 7.337,42, e o 23º salário do Brasil.

Para o deputado Airton Faleiro “o que motivou a greve dos peritos oficiais foi a falta de respostas do Governo para atender uma pauta justa que assegure o mesmo tratamento dos outros agentes de segurança do Pará”.

Talvez isso explique o não acordo entre os peritos e Governo do Estado, na reunião realizada ontem (25), quando cerca de 10 peritos criminais e médicos legistas do Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” tentaram 
negociar o fim da greve. 

 
(Fonte: ASPOP)


terça-feira, 25 de agosto de 2015

OPOSIÇÃO FAZ GOVERNO DO ESTADO RECUAR NA APLICAÇÃO EQUIVOCADA DE R$ 200 MILHÕES

Deputados da oposição comemoram a vitória sobre decisão equivocada do governo do estado

em investir R$ 200 milhões em curso móvel de inglês em processo suspeito de irregularidades.

Este valor seria pago ao proprietário da empresa BR 7 Editora e Ensino Ltda acusado de

comandar uma quadrilha de fraudadores de seguros de acidentes de trânsito.

Mas as falhas no processo não param por aí: a contratação de professores seria feita sem

realização de concurso público, beneficiando uma empresa terceirizada e prejudicando ainda

mais os professores do Estado.

 O deputado Airton Faleiro destacou em seu pronunciamento que enquanto o ensino médio no

Pará está vivendo um caos, este seria o “cursinho de inglês” mais caro visto na sociedade,

onde seriam gastos cerca de R$ 1.800, 00 por aluno em 30 horas de aula.

Assista ao vídeo e saiba mais!

video